11/10/2017 16:02:00

Supermercados abertos nesta quinta em Ipatinga

Feriado também terá açougues, mercearias e o restante do segmento podendo funcionar das 8h às 18h



Emmanuel Franco


Consumidores terão mais tranquilidade para realizar suas compras nesta quinta-feira
Supermercados e estabelecimentos do setor varejista estarão abertos em Ipatinga nesta quinta-feira (12), Dia das Crianças e feriado de Nossa Senhora Aparecida. Por força de Convenção Coletiva do Trabalho (CCT), as lojas do segmento estão autorizadas a funcionar das 8h às 18h. No Shopping Vale do Aço, o hipermercado Consul também irá abrir as portas, mas as lojas das galerias estarão fechadas. O funcionamento do cinema será normal. A Praça de Alimentação atenderá das 11h às 22h.

Já em Coronel Fabriciano e Timóteo, funcionarão apenas serviços básicos à população, como farmácias e postos de combustíveis.

A CCT que deliberou sobre o funcionamento de supermercados e o restante do setor, negociada entre o Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço e o Seci (Sindicato dos Empregados no Comércio de Ipatinga), ainda prevê a abertura do segmento no próximo 2 de novembro, quinta-feira, feriado de Finados. Por outro lado, não haverá funcionamento nos feriados de 15 de novembro (Proclamação da República), 25 de dezembro (Natal) e 1º de janeiro (Confraternização Universal).

Também de acordo com a Convenção, em feriados a jornada máxima de trabalho permitida a cada empregado é de oito horas, devendo ser respeitadas as turmas e turnos de trabalho.

Clientes

“Proprietários de mercearias, açougues e similares, bem como supermercadistas, são comerciantes que conhecem bem a clientela que têm e saberão qual o melhor horário em que deverão abrir e fechar as portas. Vale ressaltar, ainda, que o funcionamento, claro, é facultativo, cabendo ao empresário analisar a viabilidade ou não de usar a mão de obra de seus funcionários neste feriado”, explica o presidente do Sindcomércio, José Maria Facundes.

O dirigente sindical acrescenta: “Em Fabriciano e Timóteo, infelizmente, não foi possível concluir as negociações para que o setor também pudesse abrir as portas. Empresas maiores não conseguirão funcionar, mas a gente ressalta que os comércios menores, aqueles de bairro, podem sim abrir desde que não utilizem a mão de obra de seus empregados”, pontua.

A CCT assina entre os sindicatos está disponível no site do sindicato. Outras informações: 3821-9020, 3842-2040 e 3849-4490.


Reação dos Leitores





Envie o seu Comentário