06/10/2017 17:41:00

Fórum dos Conseps expõe a situação do sistema prisional

O tema da reunião foi o cenário do sistema prisional no Vale do Aço, considerado assustador pelas autoridade



Divulgação


Representantes dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública no Vale do Aço estiveram reunidos em Timóteo
Foi realizada na manhã desta sexta-feira (6) uma reunião bimestral do Fórum dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública (Conseps) do Vale do Aço. O fórum é uma instância que representa os Conseps atuantes na região do Vale do Aço e promove a interação entre os conselhos, bem como discutir e trabalhar questões relacionadas a problemas de segurança pública.

O tema da reunião foi o cenário do sistema prisional no Vale do Aço, considerado assustador pelas autoridades. O Diretor da Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho (Ipaba) e representante da Subsecretaria de Administração Prisional, João Batista Ferreira, proferiu uma palestra informativa por meio da qual foi possível tomar ciência da grave situação vivenciada atualmente pelos presídios do Vale do Aço, sobretudo quanto a superlotação e deficiências estruturais.

Em seguida as autoridades e pessoas presentes se manifestaram sobre o tema e fizeram sugestões. Agora, o Fórum dos Conseps irá produzir um plano de ação buscando solução para os problemas apresentados.

A presidente do Fórum dos Conseps, Maria Júlia Bomfim, ressaltou a importância da reunião como um ponto de partida, na qual foi possível tomar ciência com uma fonte segura e oficial, do real cenário dos presídios da região e, a partir de agora, buscar ações que envolvem vários segmentos da comunidade.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Roberto

06 de Outubro, 2017 | 21:53
Será q falaram so dos bandidos ou dos funcionários também. Eu duvido q tão preocupado com os funcionários.
Envie o seu Comentário