06/10/2017 07:28:00

Adolescente apreendido por matar no Recanto Verde em Timóteo

Vítima foi atingida na cabeça durante um suposto assalto na noite desta quinta-feira



Enviada para o WhatsApp Portal Diário do Aço


Policiais militares no local do crime, área cercada para o trabalho da perícia criminal

Um adolescente, que vai completar 18 anos em dezembro, foi apreendido logo após um possível latrocínio (roubo seguido de morte). O crime aconteceu na rua Maçaranduba, no bairro Recanto Verde, em Timóteo. Na noite de quinta-feira (5), Luiz Carlos da Silva, de 57 anos, morreu após ser atingido com um tiro na cabeça na frente do filho.

Pai e filhos saíram de um bar e voltavam para a casa. No trajeto, foram abordados por um rapaz negro e com uma touca escondendo o rosto. Ele sacou uma arma de fogo e exigiu que a vítima entregasse a carteira com o dinheiro.

Assim que Luiz Carlos entregou o objeto, estranhamente, o assaltante disparou um tiro com a arma que segurava, acertando a cabeça da vítima. O criminoso saiu correndo e foi perseguido pelo filho do baleado. Ele disparou a arma mais uma vez em uma tentativa de parar com a perseguição.

Uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros Militar foi até o local do crime, mas encontrou a vítima sem vida. O local foi cercado para o trabalho da perícia, que removeu o corpo de Luiz Carlos para o IML de Ipatinga. Nas proximidades foi encontrado um pé de chinelo deixado pelo autor durante a fuga.

Nos levantamentos feitos por policiais militares chegou-se à informação segundo a qual um adolescente teria feito ameaças de morte à vítima recentemente. A equipe do tenente Araújo conseguiu encontrar este suspeito, que estava agitado, possivelmente sob efeito de drogas. O jovem calçava um chinelo igual ao que foi encontrado na cena do crime. Também o padrasto do menor de idade reconheceu o chinelo como sendo de seu enteado.

O adolescente negou a autoria do assassinato, foi levado para ser medicado e depois foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil para ser ouvido. Os levantamento também indicam que tanto Luiz Carlos quanto o filho dele são usuários de drogas ilícitas e o crime pode ter relação com esse fato.


Reação dos Leitores





Comentários

Edmilson

07 de Outubro, 2017 | 23:41
E meu amigo Luiz, foi morto pelo filho que ele tanto tentou salvar. Só que foi cabeça fraca, e se envolveu tanto quanto. Eis o resultado.

Mara

07 de Outubro, 2017 | 23:38
Luiz cuati, enfim encontrou! Cabeça fraca, seguiu o caminho errado do filho. Deu nisso. E Ele foi, mas o vagabundo do filho ficou. rs

Robinson

07 de Outubro, 2017 | 21:30
Apenas resumindo para quem não entendeu e acha que foi um assassinato covarde.
"Os levantamentos também indicam que tanto Luiz Carlos quanto o filho dele são usuários de drogas ilícitas, e o crime pode ter relação a esse fato". ENTENDERAM AÍ? Então... menos um m... nesse mundo.

Marília

07 de Outubro, 2017 | 21:26
É preciso parar de tentar esconder os fatos. Quem os conhecia, sabem bem que eram envolvidos em coisa ilícitas. Não morreu por assalto. Não morreu inocente. Morreu por causa das drogas dele e do filho.

Maria Caldeira

07 de Outubro, 2017 | 21:24
Foi levado a vida pregressa pelo filho bandido. Coitado do Luiz. Quem o conheceu, sabia que era gente boa. Mas se deixou levar pro lado das drogas, por causa do filho. Abandonou amigos e família para se perder nesse mundo marginal desse filho do demo.

Diego Silva

07 de Outubro, 2017 | 21:21
A famosa história do Pai que segue o filho. Deveria ser ao contrário. O filho seguir os passos do Pai. Mas tá aí o resultado. Meu amigo, Luiz cuati, morto por causa do filho bandido que ele sempre protegeu. Acabou se tornando bandido igual e esse foi seu fim. UMA PENA!!

Antonio

07 de Outubro, 2017 | 21:18
Apenas esclarecendo aos que não sabem ou não conheciam a vítima! Não era santo. O filhinho dele aí, é mais conhecido que nota de 1 real, nos boletins policiais. Tem no mínimo 5 processos por porte e tráfico de drogas. O pai, o protegeu e defendeu durante toda a vida, mas também adorava dar uns tapas. Então.... Por favor, menos drama, menos lágrimas e pedidos de "justiça".

Marlene

06 de Outubro, 2017 | 09:03
No meu ponto de vista deveria liberar essa merda, talvez assim acaba com a criminalidade. Quem quer vc usar que use pra lá, quem gosta usa de qualquer maneira. Então porque não libera essa porcaria de uma vez. ??
Envie o seu Comentário