06/10/2017 07:13:00

Homem é baleado no Santa Rita em Fabriciano

Polícia procura suspeito pelo crime que fugiu logo após os tiros




Google


Os tiros aconteceram nesta rua, no bairro Santa Rita

A polícia está atrás de Adriano Rosa da Silva, de 38 anos, suspeito de ser o autor de uma tentativa de homicídio na rua Geraldo Hubner Miranda, no bairro Santa Rita, em Coronel Fabriciano. Márcio Rodrigues de Melo, de 54 anos, foi internado gravemente ferido no Hospital José Maria Morais (antigo São Camilo), na noite de quinta-feira (5).

A motivação do crime seria um suposto assédio de Adriano, sobre a filha de Márcio Rodrigues, situação negada pela vítima, contudo esta hipótese foi ouvida mais de uma vez pelos policiais militares que atenderam a ocorrência do atentado, como apurou o Portal Diário do Aço. Márcio foi visto chamando Adriano para conversar e depois foram escutados os tiros.

Uma testemunha alega que viu a vítima sacar uma arma de fogo e sair do carro, mas não viu quem efetuou os disparos, pois saiu do lugar ao perceber que haveria uma briga. Márcio foi atingido com tiros na mão direita, braço esquerdo e no tórax e, até a tarde desta sexta-feira permanecia internado.

No hospital o paciente negou que o assédio tenha motivado o crime, alegando não saber a real motivação para ter sido baleado e ainda ter ido armado ao local. No carro de Márcio foi encontrado e apreendido um machado.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário