05/10/2017 20:20:00

Projeto Celular Seguro é aderido pelo 14º BPM

O projeto “Celular Seguro” representa uma ferramenta tecnológica que permite a qualquer cidadão cadastrar seu aparelho



Divulgação


Localização do celular pode ser feita pela verificação do IMEI

O 14º Batalhão de Polícia Militar, responsável pelas cidades de Açucena, Belo Oriente, Braúnas, Bugre, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Joanésia, Mesquita, Naque e Santana do Paraíso, lança um projeto que pode ajudar na localização de celulares roubados ou furtados com a verificação do IMEI (International Mobile Equipment Identity), sigla em inglês para o número de identificação contido em cada aparelho.

O projeto “Celular Seguro” representa uma ferramenta tecnológica que permite a qualquer cidadão cadastrar seu aparelho, com registro do IMEI (assemelha-se a um RG do telefone). Para isso, foi criado o site "Celular Seguro", www.policiamilitar.mg.gov.br/celularseguro.

Com o cadastro do celular no site, quando o policial abordar algum indivíduo em atitude suspeita, poderá verificar, além do seu prontuário, se está de posse de algum aparelho furtado/roubado.

Assim, será possível fazer contato pessoal com a vítima e avisar que seu telefone foi localizado, além das medidas legais cabíveis contra quem estiver com o celular furtado/roubado.

Além disso, é possível fazer o rastreamento dos aparelhos que usam os sistemas Android, iOS (iPhone) ou Windows Phone e descobrir a sua localização.

Outras cidades do Vale do Aço já possui o programa estabelecido desde o primeiro trimestre. Em março deste ano, o 58º Batalhãoo de Polícia MIlitar, que abrange as cidades de Antônio Dias, Coronel Fabriciano, Jaguaraçu, Marliéria e Timóteo, passou a utilizar a ferramenta.


Polícia inicia projeto Celular Seguro em mais 11 cidades do Vale do Aço


Reação dos Leitores





Envie o seu Comentário