03/10/2017 11:59:00

Operação conjunta da PC e PRF prende investigados por assalto na BR-381

Dupla e acusada de tomar táxi em assalto e incendiar veículo para escapar de cerco policial em agosto



Com atualização de dados às 17h26

Wellington Fred


Foram detidos os investigados Vanilton Coelho de Oliveira, o Tiquim, e Thiago Tomaz dos Santos

Uma operação das polícias Civil e Rodoviária Federal cumpriu nesta terça-feira (3), dois mandados de prisão contra moradores de Antônio Dias. Os trabalhos foram coordenados pelo delegado da Polícia Civil de Coronel Fabriciano, Vinícius Ferreira e contou com participação de policiais civis de Coronel Fabriciano, Timóteo e da Polícia Rodoviária Federal.

O alvo eram dois homens suspeitos de envolvimento com uma quadrilha de roubo de cargas que atua na BR-381.
Foram detidos os investigados Vanilton Coelho de Oliveira, o Tiquim, de 35 anos, e Tiago Tomaz dos Santos, de 25 anos. Os dois tiveram a prisão decretada pelo juiz de Direito Carlos Henrique Trindade Lourenço dos Santos, da Comarca de Coronel Fabriciano.

Os policiais vistoriaram também a casa dos dois alvo da operação, localizada na Fazenda Sá Carvalho, zona rural de Antônio Dias. Na casa de Vanilton foi encontrada uma garrucha calibre 38, escondida no banheiro. A arma estava municiada com um cartucho. Depois de ouvidos na delegacia, ambos foram recolhidos ao presídio de Coronel Fabriciano.
Enviada por leitor


O Fiat Siena foi completamente consumido pelas chamas, fogo atedado pelos bandidos em fuga

Pesa contra os dois a acusação de envolvimento em um assalto no dia 11 de agosto, quando o taxista J.F.A.S., de 37 anos, passou por momentos de terror, depois de ser rendido por dois ladrões e levado como refém no porta-malas de seu próprio carro. Conforme divulgado à época pelo Portal Diário do Aço, o carro foi incendiado na fuga dos criminosos.

A vítima foi atacada quando passava pela BR-381, nas proximidades da região da Prainha, entre Nova Era e Antônio Dias. O condutor reduziu a velocidade do Fiat Siena, placas OWS-0157, para passar sobre um quebra-molas. O motorista disse que estava atrás de uma carreta e os dois assaltantes saíram repentinamente da lateral da pista e o renderam.

Ocorre que outro motorista viu a ação dos criminosos e acionou a Polícia Rodoviária Federal, que foi para o local e deu início a uma perseguição. Os bandidos então pegaram uma estrada vicinal perto do posto Veraneio. O motorista aproveitou a baixa velocidade e saltou do porta-malas com o carro em movimento.

Apesar do cerco, os criminosos fugiram e, para despistar a ação dos policiais, atearam fogo no veículo, destruindo por completo o táxi da vítima.

Desde a ocorrência do crime, que teve grande repercussão, a polícia procurava pelos suspeitos. Presos nesta terça-feira, os dois negaram envolvimento com os ataques na BR-381. “Não tenho nada com isso”, resumiu Tiquim em conversa com o Diário do Aço.

O alvo da operação eram dois homens suspeitos de envolvimento com uma quadrilha de roubo de cargas

O delegado Vinícius Ferreira disse que há provas do envolvimento dos dois presos no roubo do táxi e em outros assaltos no trecho da BR-381, no município de Antônio Dias. “Eles são integrantes desta célula criminosa. São envolvidos especialmente em roubos de carga”, comentou o policial civil.

Vinícius Ferreira acredita que Tiquim tem ligação com o grupo do motorista Lourival de Castro Silva, o Nem Zilica, de 45 anos, envolvido também em roubos de carga na BR-381 e que já foi alvo de outra operação da Polícia Civil e da PRF no início do ano e atualmente responde inquérito em liberdade.

“As investigações continuam. Neste inquérito (táxi), faltam apenas algumas diligencias, mas a participação deles serão apuradas em outros inquéritos”, revelou o delegado, que comandou 14 policiais civis e a equipe da PRF na operação.


Dupla é presa por roubo de táxi, em Antônio Dias

MAIS FOTOS
Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário