17/09/2017 22:26:00

Adolescente é assassinado no Centro Socioeducativo de Ipatinga

Infrator foi encontrado morto enforcado dentro do alojamento na noite deste domingo



Arquivo/Diário do Aço


Adrian (no detalhe) foi encontrado no banheiro de um dos alojamentos, já sem vida

O adolescente Adrian Gabriel Alves Martins, de 16 anos, morreu assassinado no Centro Socioeducativo (CSE) de Ipatinga, na avenida João Valentim Pascoal, no Centro de Ipatinga. O crime aconteceu na noite deste domingo (17). Um colega de alojamento da vítima confessou a autoria do homicídio e outros cinco são suspeitos de participação no caso.

Conforme apurou o Portal Diário do Aço, os agentes socieducativos foram informados sobre um interno caído no chão do banheiro, no alojamento 7. Eles acionaram o Samu, cujo médico constatou a morte do adolescente, encontrado nu e com uma blusa azul enrolada no pescoço. A vestimenta foi usada para enforcar a vítima.

Os policiais e agentes conversaram com os colegas de alojamento da vítima. Um dos adolescentes, de 16 anos, assumiu a autoria no assassinato. O infrator alegou que Adrian teria prometido “pular” nele ou seja, agredi-lo. Os motivos desta suposta ameaça não foram revelados.

O local do crime foi periciado pela perita criminalista Cristina Magalhães, da Polícia Civil, que ao fim do trabalho autorizou a remoção do corpo para o Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga. O assassino confesso e os outros suspeitos ficaram sob a tutela dos agentes penitenciários. Eles serão apresentados posteriormente na delegacia de Polícia Civil.

Adrian tem familiares no bairro Residencial Paraíso (Minas Caixa), em Santana do Paraíso, mas antes de ser recolho ao CSE, morava no bairro Limoeiro, em Ipatinga. Com diversos registros na Polícia Militar por crimes contra o patrimônio, ele também se envolveu em uma agressão no CSE no mês de fevereiro passado.


Reação dos Leitores





Comentários

Che Que Vara?

11 de Outubro, 2017 | 07:50
Quem tem pena, e acha que a culpa é da sociedade, que vá lá no no centro de internação, adote um menor infrator, faça sua parte, hipócritas, digitar um monte de palavras, querendo se passar por intelectual, nunca deve ter ajudado alguém na vida, fica pagando de humanista, faz me rir, bando de comédias. Repito -1, não fará falta para ninguém, e sim um alívio para quem já foi vitimado por esse demônio, pois para estar internado lá, teve que cometer crime violento, pura e simplesmente desejo que esteja sentado no colo do camurião!!!

Luz

22 de Setembro, 2017 | 16:08
Pois é pessoal ,Não cabe a nós julgar pq até Jesus Cristo morreu em uma cruz (Por nos)e ao lado de um ladrao q foi perdoado ,cabe a cada um exercer o perdão e interceder a DEUS pelas nossas crianças e ajudar o próximo pq a vida e trem bala e somos apenas passageiros.
Por isso somos chamados de seres
*humanos *
Se cada um de nós fizermos uma oração em intenção dos perdidos, tenho certeza q o mundo estará melhor .
DEUS é o rei e dono do mundo e se somos filhos, então somos herdeiros do trono.
Bom dia.

Roberto

18 de Setembro, 2017 | 22:41
Esses meninos quando chegam nesta situação ñ adianta mais. Ou é cadeia ou cemitério. E q eu acho melhor pra eles é o cemitério , ñ tem gastos e nem vai fazer o mal com ninguém mais. Pq ali ñ tem anjinho, tem criminosos de todas as espécies , então eu só lamento pela família. Mas é menos um pra nos encondar .roubar , traficar , matar, estrupar , etcs .eles mesmo tão fazendo a limpeza. Ótimo.

Roberto

18 de Setembro, 2017 | 22:28
fato gente, a sociedade tem culpa , a família, mas a culpa maior é dessas leis froxas do Brasil q ñ pune de maneira correta. Q proíbe esses meninos de trabalhar , q ñ fiscalização se eles tão na escola e outros.

José Maria

18 de Setembro, 2017 | 13:31
O que presenciamos nada mais é do que o resultado de uma sociedade omissa que permite seus governantes gerir sem o mínimo de fiscalização e sem lutar por seus direitos. Todos os anos milhares de jovens brasileiros perdem a vida por adentrarem ao mundo da criminalidade. Se todos exercerem seu papel de cidadão, o Estado faria melhor sua parte, diminuindo esse tipo de ocorrência. Exemplo disso é saber que todo município tem o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes), que anualmente recebe uma grande quantia em dinheiro pra investir na causa, direcionando às instituições que trabalham com crianças e adolescentes. A maioria da população não busca fiscalizar esse Conselho e instituições, e aí todos já sabem.... no país da CORRUPÇÃO eles fazem a festa! O problema do povo é esse, sabe julgar, criticar e reclamar, mas na hora de exercer seu papel se omite. A culpa é de todos! Estão sempre preocupados com seus umbigos! Vamos parar de focar as consequências e nos direcionar às causas.... Trabalhar na raiz do problema! Procure participar dos conselhos deliberativos de sua cidade, das sessões da câmara de vereadores, mobilize amigos e familiares pra serviços voluntários em escolas, comunidades carentes e/ou instituições que trabalham na causa, e o principal, saber eleger seus governantes e fiscalizá-los, assumindo sua responsabilidade. Saber se informar também ajuda. Poucos conhecem o que é Medida Socioeducativa, como funciona um Centro Socioeducativo e pasmem, desconhecem a Constituição do próprio país!

Marcos Guimarães

18 de Setembro, 2017 | 12:11
"Quem mal lê, mal ouve, mal fala, mal vê."
( FONTE Www.pensador.com/Monteiro Lobato)

Em resposta ao Vulgo Sr. "Che que vara", você deve mesmo ter problemas, somente uma mente sub letrada para redigir tamanha ignomínia, recheada de perversa crítica à pessoas, as quais Sua "Senhoria" desconhece. Falta-lhe, Senhor, aquilo que chamamos: Sabedoria e conhecimento! Não é ler o Jornal que o torna culto, mas o respeito às pessoas que completam a Sociedade, e que infelizmente tem que ser compartilhada com pessoas que se escondem nas sombras dos codinomes.
Sugiro que estude um pouco mais, examine a si mesmo!
Não são as minhas parentas niveladas por pessoas das quais estais acostumado ao convívio, certamente lhe faltou o berço!
Respeito sim a tua casa, tua avó e mãe, e não creio que o Senhor colocaria bandido em vossa casa e acredito que o Escárnio de tua casa, seja unicamente vossa pessoa.
Não se sinta tão ofendido quanto eu, pois quem come pedras, sabe bem das pregas que tem.
Passe bem!
Agradeço às palavras confortadoras de Silva Lopez, um cérebro como poucos, que sim é capaz de compreender com genialidade as escritas. Ps. Obrigado!

Silva Lopez

18 de Setembro, 2017 | 09:05
Che que vara (isso é apelido de gente de bem?) Não entendo que o Marcos esteja defendendo bandido, pelo contrário ele faz severas críticas ao ECA, detona o modelo político, social e econômico do Brasil atual que está criando criminosos como esse que morreu. E ele também questiona onde a sociedade está errando na criação dos filhos. Também questiona essas instituições criadas para enganar a sociedade e encerrar como animais os jovens criminosos (sim, uso o termo criminosos pois não admito o politicamente correto "em conflito com a lei". Isso é esquerda demais para mim). Mas, enfim, o Marcos escreve de uma forma que parece ser difícil para pessoas com pouca escolaridade. Falar para levar para casa não resolve nada, ou você também é boçalnarista para defender solução fácil para questões muito complicadas? Pronto, falei.

Che Que Vara?

18 de Setembro, 2017 | 08:36
Marcos Guimarães, tá com dozinha dos ladrões, estupradores, traficantes, homicidas e latrocidas(só enxergo esses termos nesses indivíduos da pior espécie)? Leva pra sua casa e cuida! Coloca junto da sua esposa, avó, mãe, filha, tias e primas. Fato:-1!!!

Sorriso®®®

18 de Setembro, 2017 | 08:20
Anjo matando Anjo....hoooo dóóóó kkkkkkkkkk

Martinha

18 de Setembro, 2017 | 07:49
se estava la e pq nao e santo e andou fazendo mal aos outros,e se nao presta,nao vai fazer falta,que vai tarde esses malditos menores infratores.eu respeito e tenho pena e da familia,que as vezes nao sao culpados da vida criminosa dos filhos,que ate p eles serao um descanso eterno desses filhos mal direcionados pelos crimes praticados.esse estatudo dos menores (ECA) e um tapa na cara da sociedade.

Marcos Guimarães

17 de Setembro, 2017 | 23:52
"E pro índio nada mais faz sentido
Com tantas drogas porque só o seu cachimbo é proibido?" (FONTE ;PENSADOR GABRIEL CACHIMBO DA PAZ)

Preciso de fato citar Gabriel, o Pensador,neste comentário. A quem pensamos que estamos enganando amotinando esses "Menores Infratores" dentro de um "Sistema Sócio Educativo", que até aqui não recuperou ninguém? Outro dia , assistindo ao Filme Querô, e agora, lendo essa tragédia, vejo que nem tudo são flores, o dia a dia dentro destes Centros é implacável. Da mesma forma que o Sistema não garante a integridade física nos pavilhões dos presídios, também não foi capaz de evitar a morte do Infrator. Entendo que muitos irão dizer que bandido bom é bandido morto, mas eu cá, penso: Não estamos na contramão do que chamamos Sociedade?
O Estatuto da Criança e do Adolescente é um cheque em branco, assinado pelo Governo, e que autoriza o menor o acometimento de crimes, pois não existe uma severa punição. Estamos criando e moldando instituições perversas que criminalizam e punem àqueles que por sua condição social, são levados à pratica de crimes.
Fica a pergunta: _Onde estamos errando?
O problema não é dos pais destes jovens apenas, é social. Estamos vendo o Vale do Aço ser demolido pela falta de oportunidades, e a juventude cada vez mais dispersa, e já dizia o ditado:" cabeça vazia vira oficina do Diabo."
Pior, virou rotina, e não lamentamos mais as vidas que se perdem. Faremos o que então com os que ficam?

Wanderson Fernandes

17 de Setembro, 2017 | 23:39
Menos 1
Envie o seu Comentário