13/09/2017 14:40:00

Ecosport pega fogo na avenida Gerasa em Ipatinga

Incêndio destruiu veículo de um metalúrgico no início da tarde desta quarta-feira



Com atualizações e correções às 17h10
Enviadas ao Whatsapp do Portal Diário do Aço


O Ford Ecosport foi tomado pelas chamas em pouco tempo

Um Ford Ecosport foi destruído por um incêndio, na tarde desta quarta-feira (13), na avenida Gerasa, bairro Bethânia, em Ipatinga. O veículo, segundo as informações apuradas pelo Portal Diário do Aço, incendiou-se logo após passar por um quebra-molas.

O carro era dirigido pelo metalúrgico Julemar Gomes da Costa, de 50 anos e não por uma mulher, conforme divulgado anteriormente. O carro trafegava pela avenida Gerasa, sentido ao Centro, quando o motorista percebeu uma fumaça saindo do compartimento do motor. Rapidamente o fogo alastrou-se pelo Ford Ecosport, placas HFF-7798.

O motorista desceu rapidamente do carro em chamas. Ele contou com a ajuda de populares na tentativa de evitar a propagação do incêndio, enquanto era acionado o Corpo de Bombeiros. Os militares dos bombeiros apagaram o fogo, mas o automóvel já estava totalmente destruído. O quê causou o incêndio não foi descoberto.

Segundo o sargento Valdeir, o motorista seguia para o trabalho, na Usiminas. Foram gastos cerca de dois mil litros de água para debelar as chamas no veículo. O trânsito no trecho da avenida ficou impedido para evitar acidentes, até a retirada do Ecosport incendiado.

MAIS FOTOS
Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Roberto José

14 de Setembro, 2017 | 15:10
Este senhor ou esta senhora "Dúvida" é mais um(a) analfabeto (a) funcional destes novos tempos. Está claro na notícia que foi divulgada antes que seria uma mulher na direção do carro, mas o jornal corrigiu a informação e explicou que houve um erro na divulgação. A explicação é para quem leu a notícia antes da correção e não entender o que aconteceu... "O carro era dirigido pelo metalúrgico Julemar Gomes da Costa, de 50 anos e não por uma mulher,
conforme divulgado anteriormente." Vamos prestar atenção no contexto e parar de procurar cabelo em ovo.

Rodrigo Silva

14 de Setembro, 2017 | 06:46
"Dúvida" a notícia diz que o carro era conduzido por um homem e não por uma mulher, é pelo simples fato que antes fora divulgada a informação que o Ecosport era dirigido por uma mulher. Para com esse discurso feminista besta.

Dúvida

13 de Setembro, 2017 | 23:11
Só não entendi porque enfatizar que não era mulher no volante!
Os acidentes só acontecem com mulheres?
"O carro era dirigido pelo (...) e não por uma mulher".
Envie o seu Comentário