04/09/2017 09:43:00

Aprenda a se livrar do stress no trabalho em quatro simples passos

Gestora de carreiras revela o segredo para viver uma vida profissional o mais longe possível de irritações na rotina



Quem possui uma rotina agitada, precisa tomar muito cuidado com pequenas atitudes, para não ser consumido pelo stress do dia-a-dia, pois isso pode atingir fisicamente o seu corpo e a sua saúde, causando picos de pressão, ansiedade e até depressão. O trabalho pode abalar a estrutura emocional de uma pessoa, mas segundo a gestora de carreiras, Madalena Feliciano, há regras básicas que podem diminuir consideravelmente esse efeito.


“O profissional já tem que lidar diariamente com o stress causado pelo próprio trabalho - deadlines, responsabilidades, clientes e muitos outros - por isso, deixar que a convivência com colegas também prejudique sua sanidade é a última coisa que deve ocorrer no escritório”, comenta a especialista.

Quando o problema do seu stress é o cansaço, a sugestão de Madalena é o diálogo. “É comum nos depararmos com profissionais exaustos, que acumulam cada vez mais funções e, por causa disso, ficam mais estressados e vulneráveis emocionalmente. Quando for esse o seu caso, converse de forma sutil com o seu chefe e exponha a sua situação”, comenta a coach.

Madalena dá algumas dicas para tornar o dia mais produtivo e stress free. Confira:

1.Entre em um bom ritmo logo cedo: “Ao acordar, reserve cinco minutos para você levantar e se alongar, sempre que puder. Escolha sua trilha sonora e garanta o bom humor para o dia. A música tem o poder de transformar os sentimentos, por pior que seja o seu dia. Ouvir uma música de que você gosta pode ajudar a aumentar o foco e a concentração no trabalho, e, além disso, deixa o clima mais leve”, exalta Madalena.

2.Tenha postura ao trabalhar: “Ao chegar no escritório, confira se a sua cadeira está na posição correta antes de começar a trabalhar - a melhor postura é com os joelhos formando um ângulo de 90 graus e os pés inteiros apoiados no chão. Os braços e ombros devem ficar relaxados quando você usa o teclado. Com o passar das horas, policie-se para manter as costas retas e o corpo virado para a frente. Evite sentar sobre uma das pernas, pois isso reduz a circulação e pode chegar a dar dores”, explica.

3.Faça pequenos breaks: “Os olhos e a mente precisam de descanso, por isso, de hora em hora, levante-se e alongue o corpo novamente, ande pelo escritório, converse com um colega brevemente e abstraia um pouco, antes de voltar às suas atividades. Distrair-se é preciso. Ler alguma matéria interessante, por exemplo, não irá prejudicar o seu desempenho. Só é preciso ter bom senso e não deixar o trabalho em segundo plano. Parar alguns minutos de manhã e à tarde ajudam a tornar o trabalho menos estressante”, aconselha a coach.

4.Faça lanchinhos: “Tenha sempre na sua mesa alguns lanches saudáveis para não ficar com muita fome entre as refeições principais - frutas, barrinhas de cereais, iogurte e sanduíches naturais são boas pedidas. Além de não precisar interromper o trabalho, a comida libera hormônios que causam bem-estar. Ainda sobre a alimentação, o ideal é não comer nada muito pesado no almoço, para evitar o sono e o stress causado por sua privação – e a consequente queda de produção por isso”, ressalta Madalena.

Segundo a coach, a partir de o momento em que uma pessoa vive em sociedade e trabalha em uma empresa que comporta mais pessoas – independente da quantidade de profissionais – ela está predisposta a ter que lidar com possíveis problemas e questões chatas que o emprego e a rotina oferecem. Mas esse não é o fim do mundo. “Todos passam por problemas no trabalho, desde a fofoca dos colegas, desmotivação, falta de estrutura da empresa, às possíveis crises, etc. Porém, é preciso superá-las e não deixar que elas tirem a harmonia de sua vida”, conclui a especialista.

Outliers Careers
Madalena Feliciano
Gestora de Carreira




Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Reação dos Leitores





Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário