11/08/2017 12:09:00

Três tentativas de homicídio em pouco mais de 12 horas

Por motivos passionais, homem atira em rival no bairro Cidade Nobre; no Forquilha, garupa de moto descarrega pistola sobre comerciante de lanches



Com atualização às 18h
Wellington Fred


Tentativa de homicidio aconteceu nessa rua, no Cidade Nobre


O fim de semana chegou e, com ele, os crimes contra a vida. Em pouco mais de 12 horas foram registradas três tentativas de homicídio, em Ipatinga. Uma no fim da noite de quinta-feira, no Forquilha, outra no começo da manhã de sexta-feira (11), no Cidade Nobre e uma terceira, no começo da tarde, no Caravelas.

O atentado da manhã de sexta-feira ocorreu por volta das 7h30, na rua João Monlevade, bairro Cidade Nobre. Um homem, por não aceitar perder uma mulher, com quem viveu algum tempo, efetuou vários disparos de arma de fogo contra o jadineiro Girley Lopes Fernandes, de 35 anos, o homem com quem a ex-mulher passou a conviver. Em seguida, fugiu.

Pelas imagens das câmeras de segurança da rua a polícia identificou o autor dos tiros como sendo o comerciante José Geraldo Macedo, o Chiquinho, de 39 anos. As imagens mostram que, com um capacete de motociclista na mão, Chiquinho aguardou por alguns minutos a chegada de Girley.

A vítima saiu de casa, logo cedo, para o trabalho em uma motocicleta. O acusado esperou o jardineiro na esquina das ruas João Monlevade com a Luther King, onde foram disparados quatro tiros. Dois deles passaram de raspão na barriga de Girley, provocando um ferimento superficial.

Mesmo ferido, o jardineiro conseguiu voltar ainda pilotando a moto e se refugiou em casa, de onde pediu socorro. O acusado pelos tiros, que é morador do edifício Geraldo Martins Ourivio (Balança mas não cai), na avenida Macapá, fugiu em companhia de outra pessoa não identificada. Até o fechamento desta edição, no começo da noite passada, a polícia tentava prendê-lo.

O jardineiro foi socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa), no bairro Canaã, onde ficou internado em observação. Um parente da mulher do jardineiro disse ao Diário do Aço que esta situação vem se arrastando há muito tempo. “Ele ameaçou Girley, falou que iria matá-lo”, confirmou esta pessoa, que pediu para não ser identificada.


Flagra pelas câmeras da rua - Acusado do crime aguarda a vítima chegar


Tentativa de homicídio no bairro Forquilha

A outra tentativa de homicídio foi registrada na noite de quinta-feira, na rua Piau, bairro Forquilha, em Ipatinga. Conforme relatório da Polícia Militar, o comerciante Deivisson Rodrigues de Oliveira e a mulher dele, ambos proprietários de um carrinho de lanches, conversavam com um cliente quando chegou uma moto CG 150 Titan de cor preta, placa não anotada, com o condutor um carona.

O passageiro, um indivíduo de cor clara, estatura baixa, desceu da moto portando uma pistola calibre 380 e descarregou a arma em direção às três pessoas. Já nos primeiros disparos, cada vítima correu em uma direção contrária e o atirador saiu em perseguição ao comerciante, efetuando mais tiros. Dois deles atingiram a perna de Deivison.

Socorrido por uma equipe do Samu, o comerciante foi levado para o Hospital Márcio Cunha e não corre risco de morrer, segundo informou a Polícia Militar. Nem ele nem a mulher souberam informar sobre a autoria ou a motivação para o crime.


Homem tenta matar o marido da ex-mulher



Reação dos Leitores





Envie o seu Comentário