11/08/2017 08:59:00

Novos caminhos profissionais e as incertezas econômicas e políticas

Talia Jaoui



Divulgação

O país passa por um momento de incertezas políticas, econômicas e sociais. Uma série de reformas estruturais e escândalos de corrupção aparecem sucessivamente nas manchetes e “invadem” diretamente a vida das famílias brasileiras. Os níveis de endividamento e de desemprego estão altos. E nesse cenário, o brasileiro acaba apostando em ingressar em uma nova carreira, prestar um concurso público e também em empreender.

E essas novas metas e desejos acontecem por vontade de sair da zona de conforto ou por extrema necessidade – desemprego, por exemplo. Entretanto, apostar em um novo caminho profissional neste momento de crise não é uma tarefa fácil. Quantos “barcos” já afundaram neste período recente, ou seja, quantas empresas e lojas comerciais já abriram e fecharam as portas meses depois em um curto espaço de tempo.

Por esse motivo, é necessário, para atravessar esta nova fase da carreira ou de um novo empreendimento, que a pessoa invista no coaching. Trata-se de um processo que tem estrutura formal de obtenção de metas. O coach vai realizar um trabalho de enxergar e questionar os seus objetivos para ajudar a atingir os resultados. A ideia central é caminhar em conjunto para os resultados satisfatórios.

Em muitos casos, principalmente nos aplicados na carreira profissional, as metas mudam conforme os questionamentos vão sendo colocados na mesa pela coach. Coaching é, na verdade, uma metodologia de desenvolvimento onde se estimula a criar novas opções e escolhas, gerando novas atitudes e novos êxitos, chegando onde quer de forma objetiva e mais rápida.

E para atingir a meta são feitos planos de ações, de forma desafiadora.
Logicamente, tudo dependerá da força de vontade pessoal, como entender quais os efeitos que as novas metas vão gerar na sua carreira, na vida profissional e pessoal, sem sabotar as etapas, inclusive aquelas que geram tempo e dinheiro, como, por exemplo, fazer um curso e ganhar conhecimento antes de abrir um negócio.

A direção rumo à sua meta profissional nem sempre é fácil, mas ao ultrapassar as fases, mesmo as mais indigestas, o profissional talvez atinja uma fase feliz e bem-sucedida profissionalmente. É essencial parar de empurrar com a barriga e dar o primeiro passo. Mãos à obra.

* Psicóloga, palestrante, Master Coach Trainer da Prime Talent Brasil, autora dos livros “Quando! Quando… Quando?” e “A Revolução do Coaching”, coautora de “A Elite do Coaching” vols. I e II.


Reação dos Leitores





Envie o seu Comentário