13/07/2017 15:21:00

Baloeiros são presos ao tentar resgatar balão, no sul de Minas

Três grupos de baloeiros das cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo tentavam resgatar o balão nas margens da mg-290, quando acabaram sendo presos



Divulgação


Balão caiu em rede elétrica e próximo à residências
Trinta e uma pessoas foram presas em Borda da Mata, no Sul de Minas, nesta quarta-feira (12), suspeitas de participarem de um lançamento de balão. Policiais militares da região de Pouso Alegre, Borda da Mata e Inconfidentes, todas no Sul do Estado, realizaram uma mega operação para realizar as prisões depois que um balão que saiu de São Paulo, sobrevoou o Sul de Minas, e caiu na zona rural de Inconfidentes.

Foram os moradores da cidade que acionaram a polícia depois que o balão de cerca de 50 metros caiu no bairro Córrego da Onça sobre a rede elétrica, atingiu uma casa e causou um princípio de incêndio no pasto.

Três grupos de baloeiros das cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo tentavam resgatar o balão nas margens da mg-290, quando acabaram sendo presos e levados a Delegacia de Polícia Civil de Pouso Alegre, na mesma região. Além das pessoas presas, nove carros foram apreendidos com vários artefatos utilizados para soltar o balão.
Divulgação


O balão foi solto no estado de São Paulo e caiu no Sul de Minas


A Polícia Militar Ambiental da região salientou que soltar, fabricar, vender ou transportar balões que possam provocar incêndios, inclusive em áreas urbanas, é crime. A pena para quem comete o crime varia de um a três anos de prisão e a multa por balão solto é de 7,5 milhão por balão.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário