30/05/2017 19:34:00

O que fazer



Divulgação

Nas derrotas e nos momentos ruins é que os erros são mais visíveis, e isto é o que está acontecendo neste início de temporada com o Atlético. Depois de vencer o Campeonato Mineiro, que serve apenas para “arrumar” time, o Galo ainda não conseguiu decolar no Campeonato Brasileiro e também capenga na Copa do Brasil.

Jogando com um esquema de três volantes, mas com deficiências na marcação, o time sofre para tentar vencer times do segundo escalão na competição. Adilson e Rafael Carioca estão marcando muito mal, sem fazer a cobertura dos laterais, e Elias é um falso volante, mas jogando muito à frente também não faz esta marcação, pois o treinador Roger Machado foi quem definiu esta semana a sua posição dentro do campo.

Com um ataque forte, com Robinho, Fred, Cazares, Rafael Moura e ainda Elias ajudando, o time não consegue manter o placar favorável, e isto vem acontecendo em vários jogos. Foi assim na derrota de virada para o Paraná, na Copa do Brasil, e foi assim no domingo, contra a Ponte Preta.

Alguns jogadores alegam desorganização e falta de equilíbrio da equipe, além de um posicionamento totalmente errado após a marcação de gols, mas quem tem que definir isto são eles, dentro de campo, para definir as vitórias.

E com jogadores experientes como os que o Atlético tem em seu elenco, isto não tem acontecido, o que é uma situação grave. Nesta competição difícil e sempre com jogos decisivos, o Galo precisa se definir já no início, pois já no próximo domingo irá a São Paulo enfrentar o Palmeiras, atual campeão brasileiro, que foi derrotado pelo São Paulo no clássico de domingo.

Mas antes desta partida decisiva o time irá jogar pela Copa do Brasil, tendo a obrigação de vencer se quiser seguir na competição. E o ponto mais importante onde o time vem pecando é a falta de pontaria nas conclusões. Falta paciência e tranquilidade para concluir ao gol adversário.

O treinador do Atlético poderia ser mais ousado, iniciar a partida com Fred e Rafael Moura, para tentar surpreender o adversário e buscar a vitória já na primeira etapa da partida, ou caso contrário poderá pagar caro pela falta de paciência da torcida e também dos jogadores.

JÁ ESTÁ FEITO
Do outro lado da Lagoa da Pampulha, o que precisava ser feito está caminhando de acordo com o que foi proposto, ao menos neste início de competição, onde a equipe do Mano Menezes está afiada e contando ainda com a sorte.

Em três partidas, conseguiu duas vitórias e um empate, é o vice-líder do campeonato com o mesmo time que perdeu o Campeonato Mineiro, mas um time mais organizado, cadenciado, que mesmo não tendo a defesa dos sonhos, tem a cobertura funcionando perfeitamente, não permite que os adversários se armem tantas ações de perigo contra seu gol.

No meio da semana o Cruzeiro tem um compromisso difícil em Chapecó, vai enfrentar a equipe da casa pela Copa do Brasil. O Cruzeiro venceu a primeira partida pelo placar mínimo e o empate garante a equipe na outra fase.

Mano Menezes deve manter força máxima para buscar a vaga, e no fim de semana voltará a enfrentar a Chapecoense, no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Portanto, serão duas partidas difíceis que o time vai encarar com muito respeito, pois sabe das dificuldades que irá enfrentar na casa do adversário, num jogo decisivo para a Chapecoense.

JOGOS DO SESI
Um dos maiores eventos esportivos dos trabalhadores da indústria, os Jogos do Sesi vão começar no dia 11 de julho, na etapa local no Vale do Aço.

Os atletas de Santana do Paraíso, Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo podem se inscrever na competição até 6 de julho, em várias modalidades: Futebol de Campo, Futsal (M/F), Futebol Soçaite 7 Máster (a partir de 35 anos completados em 2017), Futebol Soçaite 7 Livre (a partir de 16 anos), Futebol Soçaite Sênior (a partir de 45 anos completados em 2017), Voleibol de Quadra (M/F), Basquete (M), Tênis de Mesa, Xadrez, Peteca, Truco, Atletismo, Handebol, Judô, Queimada e Natação (M/F).

As inscrições podem ser feitas através do e-mail rassumpcao@fiemg.com.br, onde os interessados podem solicitar a ficha para preenchimento e participação no evento.

O supervisor de Esportes e Atividades Físicas Empresariais do Sesi, Rodrigo Assumpção, reforça que as competições servem para melhorar a qualidade de vida e o ambiente de trabalho. Cada empresa poderá inscrever quantas equipes desejar em todas as modalidades, ressaltando que, no Truco, a dupla pode ser composta por um industriário e algum membro da família ou amigo, e no Tênis de mesa e na Peteca o industriário poderá participar em duas categorias, simples e duplas.

A solenidade de abertura será no ginásio do SESI, no bairro Imbaúbas. Mais informações através do telefone (31) 3823-3029.

LEMBRANÇA
Wagner Pacote, Geovane, Marquinhos Macarrão e Bié foram alguns dos atletas que fizeram história no futsal da região. Eles jogaram por várias equipes, mas foi no Ipanema Esporte Clube que alicerçaram e construíram a maior parte de suas histórias, em grandes times formados pelo clube para a disputa de competições em Ipatinga e região.

Foram todos jogadores de muita categoria, aplicação tática, e deixaram saudades para os amantes do futsal. Esta história poderia ser repetida em várias edições, para lembrar aqueles que fizeram por muitos anos o sucesso do nosso futsal, antes conhecido como futebol de salão.

Contatos com a coluna: roberto50mg@hotmail.com.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário