10/03/2017 09:16:00

A obrigação é o "algo a mais"

Gilclér Regina



Divulgação

É de se lamentar que ainda exista dissonância entre o que se aprende em sala de aula e o que se acha no mercado. Falta preparação para a prática, falar de comportamento, motivação, atitude e postura, transpor as teorias para a realidade em busca de resultados.

Mas sobra conhecimento técnico e teórico. Segmentam demais, um verdadeiro estival. Por que isso? O meio acadêmico se ocupa demais em formar profundos conhecedores de uma coisa só.

Universidades, escolas, falem a seus alunos que não basta fazer bem o próprio pedacinho. Isso é obrigação. A pessoa é contratada para isso. Falta fazer o "algo mais", falta caminhar aquele quilômetro a mais.

Sim, o sucesso é levantar mais cedo e dormir mais tarde. O sucesso da noite para o dia tem no mínimo vinte anos de empenho. O meu sonho também é o sonho dos meus concorrentes. Eu também quero ser a Montblanc das canetas e a Ferrari dos carros, só que isso leva no mínimo dez anos.

Se você sair da faculdade muito preparado em termos de tecnologia e não resolver problemas por não ter a questão do resultado na pele, ou não saber o que acontece na ponta de venda, vai ficar no caminho...

Na realidade, o especialista cria elos com outras áreas e se prepara para se tornar um gestor com ampla visão de mercado. O negócio é saber trabalhar a árvore, mas entender que ela está no meio da floresta... e como árvore, você não pode ser um forasteiro, um ilustre desconhecido no pedaço. Lembre-se disso...

* Escritor e palestrante profissional.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário