07/01/2017 08:28:00

Dono do supermercado Duvale é baleado em Coronel Fabriciano

Tentativa de homicídio ocorreu no começo da manhã, no bairro Giovannini


Com atualização de dados às 12h9
Enviada WhatsApp Diário do Aço 31 985915916


O crime aconteceu nessa rua, a Jacaraípe, no bairro Giovannini

O empresário José Mácio Cota, de 48 anos, que muitos conhecem como José Mauro, foi alvo de uma tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) no início da manhã desse sábado (7).

A vítima foi atacada quando abria a sua empresa, na rua Jacaraípe, no bairro Giovannini. Baleado duas vezes, José Márcio foi encaminhado ao Hospital Metropolitano Unimed, no bairro Mangueiras. As equipes da polícia tentam identificar os autores do crime.

Conforme apurado pelo Portal Diário do Aço, junto a Polícia Militar, o crime aconteceu assim que o empresário chegou à entrada localizada nos fundos do supermercado, pela rua Jacaraípe. Ele se preparava para começar mais um dia de trabalho e acabou surpreendido pelos autores que, segundo apurações policiais, chegaram ao local pouco antes das 6h.

A vítima, mesmo ferida, conseguiu relatar que eram quatro indivíduos, em um Hyundai HB20 na cor branca. Um dos assaltantes abordou o empresário e exigiu as chaves do supermercado. José Mácio entrou em luta com o marginal, após o anúncio do assalto.

Neste tempo, aproximaram-se mais dois bandidos, todos os três fazendo uso de capacete de motociclista. Eles desferiram golpes de coronhada de arma na vítima, além de dois tiros. Os marginais fugiram em seguida no HB20, que estava com o quarto elemento na direção, aguardando o desfecho da ação dos comparsas.

O local do atentado foi isolado para o trabalho do perito Luiz Carlos, da Polícia Civil. Os policiais, durante a vistoria, recolheram no local do crime duas cápsulas deflagradas, uma de calibre 40 e outra de 380, além de um projétil amassado.

José Mácio foi socorrido e encaminhado ao Hospital Unimed, onde ficou internado. Nenhum boletim médico foi divulgado com o estado de saúde da vítima. As buscas da polícia sobre os autores da tentativa de latrocínio continuavam na cidade até o fechamento desta edição.

As imagens das câmeras de segurança, que flagraram a ação dos marginais, estão sendo usadas na tentativa de identificar os autores.

Além da matriz no Melo Viana, o Duvale, que é de propriedade de dois irmãos, possui outra loja no bairro Cidade Nobre, em Ipatinga.

Mais:
Fim de semana começou violento no Vale do Aço, com execução na madrugada, em Ipatinga




Envie o seu Comentário